sexta-feira, 22 de junho de 2012

Bonecas de Pano...




Ninguém mais quer bonecas de pano, com seus olhos de botão e suas mão de algodão... De uma beleza particular, pois nenhuma é igual à outra. Feitas com amor em cada ponto, com suas roupas de retalho, seus cabelos bagunçados, e chapéu de um charme singular.
Pobres bonecas de pano, ditavam sonhos e faziam a imaginação voar, contava histórias sem precisar falar.
Ninguém mais quer bonecas de pano,
Querem agora bonecas de plástico ... logo estarão esquecidas no canto do quarto.